sábado, 24 de outubro de 2009

Bromidrose



   Hoje resolvi mudar a linha textual que venho adotando no blog. A pedido de amigos de faculdade, entendi que era de necessário falar do tema de hoje com bastante cuidado. Alguém sabe o que bromidrose? Talvez a palavra não seja tão conhecida, mas o cheiro... Falar de mau cheiro nas axilas é dificil... ainda mais quando temos colegas com tal problema.( a tal da ASA...rs)
    Quem sofre por causa do mau cheiro nas axilas, mais conhecido como asa ou cecê, sabe o quanto é difícil conviver com este problema. Qualquer esforço físico já é o suficiente para molhar a roupa em baixo dos braços e começar aquele odor desagradável. Quem sofre de bromidrose axilar, nome científico desta doença, sabe o quanto é difícil conviver com ela não importando se é inverno ou verão. Trocar de roupa toda hora, escolher cores escuras ou brancas, viver com uma toalhinha a tira-colo para secar o suor, são práticas constantes para quem tem bromidrose axilar.
     A bromidrose axilar está associada em muitas vezes com a hiperidrose nas axilas, que provoca um aumento da umidade local com acúmulo de bactérias e fungos, que causam este odor desagradável. As bactérias se proliferam com maior intensidade em ambientes úmidos e quentes, por isso, pessoas que transpiram mais, podem ter maiores problemas com o mau cheiro nas axilas ou em outras regiões do corpo, como os pés.
     Manter as axilas bem limpas e secas, preferir tecidos como algodão, evitar tecidos sintéticos e lavar bem as roupas após cada uso, são algumas boas dicas para contornar o problema. Os dermatologistas também utilizam medicamentos tópicos, para amenizar os efeitos da bromidrose.
     O tratamento definitivo para o problema é a cirurgia. Este procedimento conhecido como simpatectomia vídeo-torácica atua sobre o nervo simpático reduzindo a umidade local e consequentemente o odor nas axilas.
     O tratamento cirúrgico é considerado minimamente invasivo já que é realizado por vídeo-cirurgia e tem grau de agressão cirúrgico muito pequeno. A satisfação pós-operatória com o resultado é muito grande.
    Atualmente a técnica de bloqueio dos estímulos nervosos na produção da umidade axilar é a de clipagem ao invés de cortar o nervo. A interrupção do estímulo utilizando “clipes de titânio” que tem 3 mm apresentam vantagens já que preservam o nervo, a dor pós-operatória normalmente é menor, existe a possibilidade de reversão da cirurgia e ocorre uma menor intensidade dos efeitos colaterais.
    A alternativa cirúrgica é muito segura na resolução do problema do odor axilar. A melhora na qualidade de vida destas pessoas ocorre de maneira radical. As complicações não são comuns. O tempo de internação é menor que 24 h e o retorno às atividades cotidianas é muitíssimo rápida.
   O odor desagradável nas axilas faz com que homens e mulheres sofram bastante muitas vezes fazendo passar momentos de constrangimento perto de amigos. Temos casos de pessoas que são evitadas pelo mau cheiro das axilas sendo totalmente excluídas de roda de amigos, reuniões e festas.As glândulas sudoríparas cuja secreção transporta gorduras e proteínas das células para o exterior do corpo que causam o mau cheiro.
     Todos nós buscamos fórmulas mágicas para resolver problemas que nos incomodam, porém... Mas eu pesquisei e encontrei uma matéria a respeito e gostaria de partilhar com você. Leia: "Evite o odor desagrável do suor."
- A transpiração é um processo útil ao organismo para regular a temperatura do corpo e nos refrescar.
- Quando é muito intensa ou tem odor forte, passa a não só nos incomodar, como também aos outros.
- Tudo tem solução. Quando a transpiração é excessiva nos pés, mãos e, principalmente, nas axilas, forma grandes manchas nas blusas ou camisas, usa-se um desodorante com ação antiperspirante (à base de cloridróxido de alumínio manipulado), que diminui a intensidade da transpiração.
- Este excesso pode ter também origem emocional, que melhora com o uso diário de plantas como passiflora e mulungu.
- O odor desagradável pode ser combatido usando um desodorante bactericida à base de triclosan, que passado após o banho, corrige o problema do odor.
- Para evitar o aparecimento de odor, não use roupas e calçados de outras pessoas, evite o estresse, use roupas leves e tecidos não sintéticos.
- Sempre que possível, evite alimentos gordurosos e muito condimentados.
    Uma receita caseira que pode te ajudar a acabar com esse problema:
-Dilua 32 ml de Lysoform de farmácia em 1 litro de água e aplique com spray ou algodão nas regiões afetadas algumas vezes ao dia até que o odor vá diminuindo. Depois aplique como manutenção 2 a 3 vezes por semana.
     No mais CC ninguém merece!!!!
     Que Deus nos Abençoe
     Aldo Rocha

12 comentários:

  1. Olá, Aldo!
    Você foi muito feliz ao esse texto. Acho que não errou em nada. Tenho bromidrose. É algo fora do sério; é ruim demais. Essa doença está num estado muito avançado, mas eu não vou me matar, não é!?
    Contudo, eu acredite no Senhor Jeová, aquele que cura tudo aquilo que o homem não pode curar. Ele é poderoso. Pode ser estranho para você, mas essa doença não é nada em relação ao Seu poder. Que você se achegue a CRISTO, e o SIGA. Essa vida pode ser difícil ou fácil para alguns, mas melhor é o que está esperando por aqueles esperam no SENHOR e seguem a CRISTO. Que Deus te abençoe. (OBS: Eu sei você não bromidrose, digo isso pelo conteúdo do comentário).

    Meu nome não é Alonso. Esta é uma conta do meu irmão. Meu nome é Djhonatas.

    ResponderExcluir
  2. ola Aldo
    Muito bom o conteudo do seu texto.
    Mas com relação a quem tem cc terrivel, mas não transpira liquido "molhar a roupa", qual a solução por favor??????
    obrigada

    ResponderExcluir
  3. Gente, bromidrose é uma bactéria, usando algumas soluções (remédios) realmente mata as bact´rias.

    ResponderExcluir
  4. Olá, sou o Half eu tenho um blog sobre bromidrose, venha nos visitar pra saber mais sobre isso: http://bromidroseacura.blogspot.com/

    Parabéns pela postagem!!!

    ResponderExcluir
  5. Obrigado pela mensagem...como disse o melhor é procurar um dermatologista.
    abraços

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Pessoal boa tarde. O odor é causado pela proliferacao de bacterias e fungos, senao combate-los nao adianta tratamento. Estou usando pomada antifungica, no 2 dia o odor sumiu, e ja fiz muito tratamento antes e nada resolveu. Hoie uso sabonete soapex, passo a pomada antifungica e quando seca passo desodorante dap sem cheiro..antes de dormir uso Driclor para transpiracao, o dia todo nao tenho mais odor, usem a pomada 2 vezes ao dia. Tem 3. Icaden - Lamisil e micolamina uso esta em qqr farmacia tem e é barato ou generico delas. Todas sao de 10mg. Vale muito a pena......uso todo dia a pomada...boa sorte a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renato, estou usando um spray manipulado c hidrox. aluminio, alcool e eritromicina, melhorou um pco mas n resolveu o problema.. Estes nomes que vc passou sao da pomada, qual eh o desodorante q vc esta usando? Obg!!!

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Aldo, este Lysoform eh igual os q vendem em mercados?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao, é bem diferente! Procure um dermatologista que ele te orientará melhor!

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir